Formada por milhares de ilhas vulcânicas espalhadas pelo oceano Índico, a Indonésia é um dos países mais surpreendentes da Ásia! Destino certo para quem busca imergir em uma cultura bem diferente da nossa, em um roteiro pela Indonésia você terá a oportunidade de explorar florestas tropicais, escalar vulcões, relaxar em praias desertas, se refrescar em cachoeiras de águas frias, visitar templos ancestrais, provar comidas típicas, assistir a rituais sagrados e muito mais!


Salve a imagem no Pinterest e não perca estas dicas!

Navegue pelo post

Roteiro Indonésia

O que esperar de uma viagem pela Indonésia?

A primeira coisa que você deve saber sobre a Indonésia é que o país é um arquipélago composto por mais de 17 mil ilhas – e dependendo da maré, este número pode aumentar muito!

Ou seja, se você tivesse a pretensão de explorar todas as suas ilhas, possivelmente não conseguiria, e, se conseguisse, levaria uma vida inteira nessa viagem.

E com essa quantidade absurda de ilhas, tem quem pense que na Indonésia tudo se resume à praia… Se fosse “só praia”, passar alguns dias “pulando” de uma ilha pra outra já não seria uma má ideia, não é?

Mas a Indonésia vai muito além das praias de mares azuis e areias branquinhas.

A mistura das religiões, a enorme quantidade de grupos étnicos e as paisagens estonteantes associadas a uma biodiversidade quase infinita, tornam a Indonésia um destino especial para quem ama lugares exóticos.

Posso ser suspeito para falar, já que voltei de viagem apaixonado pelo país, mas a Indonésia é realmente um lugar especial e se você escolheu passar as suas férias por lá, posso apostar que não se decepcionará.


Roteiro Indonésia - Bali

Roteiro Indonésia: 3 semanas por Bali, Komodo e Nusas

Para montar seu roteiro pela Indonésia, antes de pensar em qualquer outra coisa, você terá que definir a sua “lista de prioridades” e tentar encaixar os lugares no tempo que terá disponível.

E não pense que isso é uma tarefa fácil! Com tantos lugares lindos, ter que escolher o que deixar de fora é algo realmente desafiador!

Para se decidir, considere que o transporte de uma ilha a outra geralmente é feito de barco ou de avião, o que acaba demandando um tempo maior (e maiores gastos também).

Conhecer o país inteiro em somente 2, 3 ou 4 semanas será algo realmente impossível e, para o seu bem, nem tente isso! Leve sempre em consideração que não vale a pena passar mais tempo se deslocando do que efetivamente aproveitando o destino.

Neste post você encontrará uma sugestão prontinha de roteiro pela Indonésia, que te levará a alguns lugares que são destaques no país em 3 semanas.

Bali, Nusas, Gilis, Komodo, com 3 semanas dá para explorar cada um destes lugares e, se você tiver mais tempo, poderá acrescentar mais dias em cada ilha ou até mesmo incluir algum lugar novo.

Então vamos lá!


Dia 1 (chegada em Bali)

Com um dos mais importantes aeroportos internacionais da Indonésia (Denpasar) e uma estrutura bem completa para receber turistas, é em Bali que a sua jornada vai começar.

Muitos dizem que Bali está saturada, já que ultimamente vem recebendo uma quantidade bem grande de viajantes.

Realmente não dá pra negar que Bali se tornou um lugar popular, mas, na minha mais sincera opinião, a ilha está famosa porque realmente é um lugar fantástico e possui atrações que simplesmente não podem ser ignoradas.

Separe os seus primeiros dias para explorar os arrozais e templos de Ubud e para surfar ou relaxar nas praias de Uluwatu.

Dica 1 – Fique conectado (a): Ao desembarcar no aeroporto, aproveite e já compre um chip de celular. Nós compramos o da marca Telkomsel e gostamos bastante.

Dica 2 – Vá de Grab: ainda no Brasil, baixe e instale o app Grab no seu celular, já que é necessário receber um código por SMS para validar o cadastro. Ele funciona como o Uber.

Roteiro Indonésia - Ubud

Dia 2 a 4 – Ubud

Um lugar com um clima zen, cheio de retiros de yoga e meditação, spas, mercados artesanais, templos hindus, restaurantes naturais… Ubud é uma cidade bem diferente para se passear.

É fato, a cidade de Ubud (e arredores) irá te proporcionar experiências incríveis que deixarão os seus dias bem completos.

Por lá você pode visitar os fotogênicos terraços de arroz de Tegallalang, conhecer os templos Pura Tirta Empul (templo da água), Pura Goa Gojah (templo do elefante), Pura Gunung Kawi, explorar a surpreendente Monkey Forest, provar os temperos da culinária balinesa, ou tirar uma tarde para tomar um banho nas cachoeiras de Nung Nung ou Tibumana.

Dica: considere separar um tempinho do roteiro para visitar o agitado Ubud Art Market, e se for comprar alguma coisa, sempre negocie o preço. A negociação é algo comum na Ásia, e os comerciantes já jogam os preços lá no alto esperando que os compradores façam ofertas melhores.

O Mercado funciona diariamente das 8h às 17h.

Recomendações de hotéis em Ubud: Villa Ubud Sunshine | Putu’s Paradise

Roteiro Indonésia - Uluwatu

Dia 5 a 7 – Uluwatu

No quinto dia, siga para Uluwatu, uma cidade mais ao sul de Bali, localizada na Península de Bukit.

E o que fazer por lá?

Simples! Surfar as melhores ondas do mundo (pra quem é de surf), passar um tempo de bobeira nas praias e assistir pores do sol memoráveis.

Quer mais?

Então separe um tempo para conhecer o Pura Luhur (um dos templos mais bonitos da Indonésia!) e também o Parque GWK (onde está uma das maiores estátuas do mundo!)

Dica: A Kecak Dance, que acontece todas as tarde no templo Pura Luhur, é algo que você não pode perder de forma alguma!

Leia também: Guia de Uluwatu

Recomendações de hotéis em Uluwatu: Telaga Sari | Mule Malu Tropical

Dia 8 – Deslocamento para Labuan Bajo

No 8º dia, retorne para o Aeroporto de Denpasar, pegue um voo para Labuan Bajo e se prepare para visitar Komodo, um ponto alto deste roteiro!

O voo é bem curto, levando cerca de 1 hora.

Labuan Bajo é a base para conhecer o Parque Nacional de Komodo. De lá você pode embarcar em uma expedição de alguns dias pelas ilhas ou fazer passeios no estilo “bate e volta”.

Dica: No voo para Labuan Bajo viaje na janela 🙂 (se possível) e se encante com a linda vista das ilhas!

Recomendação de hotel em Labuan Bajo: Blue Ocean Hotel

Roteiro Indonésia - Dragão de Komodo

Dia 9 a 11 – Parque Nacional de Komodo

Hora de conhecer um destino extremamente selvagem.

As ilhas de Komodo formam um Parque Nacional, e é neste lugar remoto que vivem algumas das criaturas mais extraordinárias do planeta!

Pra começar, as ilhas Komodo são o lar dos… adivinha só?! Dos Dragões de Komodo, é claro!

Dependendo da época do ano, estas feras podem ser facilmente avistadas tomando um sol ou mesmo caçando.

Além dos ferozes dragões, nas ilhas Komodo vivem também morcegos que podem chegar a 1,5 metro de envergadura, veados, porcos do mato, pequenos roedores, mantas-raias gigantes, baleias, golfinhos e muito outros animais fantásticos!

Além da fauna singular, ao visitar Komodo espere percorrer trilhas com visuais de tirar o fôlego, conhecer praias com diferentes cores de areia (pretas e rosas, inclusive!) e aproveitar os bancos de areias brancas que surgem no meio do oceano!

Importante: fazer o liveaboard em Komodo foi uma das melhores escolhas nesta nossa viagem. Ficamos embarcados durante 3 dias explorando as várias ilhas do Parque Nacional de Komodo.

➡ Leia também: Tudo sobre o liveaboard em Komodo.

Dia 12 a 13 – Canggu

Após voltar de Komodo, descanse uma noite (ou mais) em Canggu antes de seguir viagem.

Lá você pode aproveitar para curtir um dia de bobeira em uma de suas praias (que não são tããão bonitas, mas são uma boa pedida para relaxar), perambular por mais alguns campos de arroz, bater pernas pelos mercados ou simplesmente curtir a piscina de um bom hotel.

No 13º dia se programe para ir até um dos portos de Bali e pegar um ferry (barco) até as Ilhas Gili.

Anota aí: Se você não estiver tão cansado(a), um bom lugar para assistir ao por do sol em Canggu é o templo Tanah Lot.

Recomendação de hotel em Canggu: Sedasa Lodge | Umah Tikari Guesthouse| Wasabi.

Dia 14 a 16 – Ilhas Gili (Gili Air, Gili T., Gili Meno)

As Gili’s são três pequenas ilhas que ficam próximas à ilha de Lombok.

Você deve escolher uma das ilhas como base e de lá poderá visitar as outras duas. Para isso basta procurar uma das várias agências de turismo, que oferecem tours de um dia no estilo “bate e volta”.

A Gili Air é a menor das 3 ilhas e a mais próxima de Lombok. Nesta ilha não existem carros ou motos. O transporte por lá feito por carroças (o que definitivamente não recomendamos!), bicicletas (melhor opção) ou mesmo à pé.

Gili Trawangan (também conhecida como Gili “T”) é a maior das ilhas e também a que tem mais estrutura. Possui mais bares, restaurantes, hotéis, mercados, festas à noite, cafés e outras comodidades e atrações.

Gili Meno, assim como a sua vizinha Gili Air, também tem pouca estrutura e é pouco habitada.

Escolhemos nos hospedar em Gili Air e simplesmente adoramos. Sabe aqueles lugares tão tranquilos que dá até a impressão que o tempo passa até mais devagar? Assim é Gili Air!

Em Gili Air tiramos um tempo para passear de bike pela ilha, saborear deliciosos pratos e drinks na beira da praia, fazer snorkel, curtir uma massagem revigorante e mergulhar com um montão de tartarugas.

Dica: Próximo ao pier de Gili Air encontra-se o centrinho da ilha. Se você não quiser ficar se deslocando muito, escolha se hospedar por ali.

Recomendação de hotel em Gili Air: The Amelya Hotel and Villa | Jago Gili Air.

Roteiro Indonésia - Gili Air

Dia 18 a 20 – Nusa Penida

Para terminar, siga para um dos lugares mais inacreditáveis do seu roteiro pela Indonésia!

Com enormes penhascos de calcário, praias de areia branca e um mar de um azul sem igual, me arrisco em dizer que Nusa Penida é um dos destinos mais impressionantes do país no quesito belezas naturais.

Em Nusa Penida você terá a oportunidade de desbravar lugares como Kelingking (ou “T-Rex” – veja nas fotos abaixo), Diamond Beach, Broken Beach, Atuh Beach, o templo subterrâneo Goa Giri Putri e as piscinas naturais de Tembeling.

De lá poderá também contratar passeios que te levem até outros pontos turísticos das vizinhas Nusa Ceningan e Nusa Lembongan. E se tiver tempo disponível, considere dormir 2 ou 3 noites nestas duas ilhas, que inclusive são interligadas por uma ponte.

Foi em Nusa Penida que fizemos um mergulho inesquecível com imensas e dóceis mantas raias!

Importante: A forma mais prática de se locomover em Nusa Penida é com uma scooter alugada. Mas saiba que as estradas de lá são cheias de pedras, areia e buracos, então, só indico que você alugue uma moto se já tiver experiência pilotando.

Recomendação de hotel em Nusa Penida: Tentacle Bali | Kompyang Cottage.

Dia 21 – Retorno

No último dia, retorne para Bali. Se precisar ficar em algum lugar próximo ao aeroporto, indico o hotel Anumana Bay View. Ele é simples, mas tem um atendimento de primeira.

E se precisar de motorista para te levar para o aeroporto (ou qualquer outro local), entre em contato com o Sr. Made. Ele é muito prestativo e atende pelo whatsapp (+62 82237771997).


Siga nossas redes sociais para não perder nada do que rola por aqui!


Estenda seu roteiro pela Indonésia

Se você tem mais tempo disponível e gostaria de conhecer mais lugares, adicione uma (ou mais) das opções abaixo no seu roteiro pela Indonésia.

Mais lugares em Bali:

  • Munduk: lugar especial para quem quer conhecer uma Bali mais roots, onde centenas de cachoeiras são as principais atrações, Munduk é uma região de montanhas ao norte da ilha.
    Veja nosso guia de cachoeiras em Munduk (em breve)
  • Amed: na costa leste de Bali e à sombra do imponente vulcão Agung, encontram-se extensas praias de areias negras e templos lindíssimos.
    Veja nosso guia para Amed (em breve)
Roteiro Indonésia 3 semanas

Mais lugares na Indonésia:

  • Java: bem diferente de Bali, por ser mulçumana, a ilha de Java tem como destaques os vulcões Ijen e Bromo e o imenso templo de Borobudur, o maior templo budista do mundo.
  • Borneu: que tal explorar uma densa floresta que abriga centenas de orangotangos?
  • Raja Ampat: um arquipélago formado por mais de mil ilhas, todo o esforço para chegar em Raja Ampat valerá a pena, pode apostar!
  • Wakatobi: um paraíso para chamar de seu e totalmente fora da rota turística. Wakatobi é uma meca para mergulhadores.
  • Sumba: destino pouco conhecido, Sumba é 3 vezes maior do que Bali e apenas 50 minutos de voo as separam. Assim como Wakatobi, Sumba ainda não foi descoberta pelo turismo, então você poderá vivenciar experiências culturais legítimas por lá, além de ter praias e ilhas inteiras só para si.
  • Lombok: ofuscada (injustamente) por Bali, Lombok também é um destino que vale estar em qualquer roteiro pela Indonésia. Aproveite sua ida até Gili e separe uns dias para visitar este destino!

Como se locomover na Indonésia

Como a Indonésia é repleta de ilhas, você terá que se locomover de avião ou barco. Dependendo para onde for, utilizará os dois.

Em alguns lugares, como Java, você poderá se deslocar também de trem.

Para o dia a dia nas ilhas, é muito fácil encontrar e fechar passeios de um dia com motoristas locais.

Outra forma bem comum e barata de se deslocar nas ilhas é de moto. Para alugar uma scooter não é preciso apresentar nenhum documento, basta pagar e sair pilotando. Os preços comumente cobrados são de 5 dólares por dia.

Fique sabendo: apesar de existir pouquíssima fiscalização e a maioria dos turistas nem ligar para isso, para dirigir na Indonésia é necessário ter a Permissão Internacional para Dirigir (PID).


Roteiro Indonésia 3 semanas - Seguro Viagem

Seguro Viagem para a Indonésia

É fato: não dá para viajar para a Indonésia sem um bom seguro viagem!

Primeiro porque lá a gente sempre faz passeios que possuem um certo “grau a mais de aventura” e que acabam nos expondo um pouquinho. (Não preciso nem comentar que se você estiver pilotando uma moto, o risco é ainda maior, não é?)

Segundo porque a culinária asiática é bem diferente da nossa, e, em determinados lugares, digamos que a higiene não é levada tão à sério… Por isso, mesmo que a gente escolha sempre bons restaurantes para comer, ainda assim estaremos sujeitos a ter algum tipo de intoxicação alimentar.

E em terceiro lugar, mas não menos importante, temos que considerar que para sair do Brasil e chegar na Indonésia, geralmente é necessário pegar 2 ou até mais voos. Nestas situações, sempre há a chance de um voo atrasar/ser cancelado ou a nossa mala ser extraviada.

Nas situações que mencionei, ter um seguro viagem pode fazer toda a diferença do mundo!

Com um bom seguro viagem, você tem a tranquilidade de poder acionar a seguradora pelo celular (por aplicativo, ligação a cobrar, chat e outros) e ter todo o apoio necessário para que você seja atendido(a) o mais rápido possível e em qualquer lugar.

Caso você se sinta mal durante a viagem ou sofra qualquer tipo de acidente, a seguradora pode acionar uma ambulância, te direcionar para um hospital ou até mesmo enviar um médico até você.

Ah! E você não precisará se preocupar com os custos com atendimento hospitalar, já que estará coberto(a) pelo seguro.

No caso de bagagem extraviada, a seguradora poderá ajudar na localização dos seus pertences ou até mesmo arcar com despesas até a chegada da sua mala/mochila. Caso ela seja dada como perdida, você pode receber uma indenização no valor previamente definido em sua apólice.

Cancelamentos ou atrasos de voos também são indenizados com o reembolso de despesas com alimentação, deslocamentos e/ou hospedagem.

E quer saber a melhor parte? Considerando toda a sua importância, o seguro viagem para a Ásia definitivamente não é caro. Uma boa cobertura custa em média 8 a 9 reais por dia!

Roteiro Indonésia 3 semanas - Nusa Penida

Como contratar o seguro viagem para a Ásia

Nossa dica para que você consiga um bom seguro viagem (e pagando o menor preço) é fazer uma cotação com a Seguros Promo.

No site da Seguros Promo você pode ver e comparar o preço de várias seguradoras e escolher a que melhor te atende.

Pra nossa viagem de 1 mês na Ásia (com escala na Europa), nós cotamos o seguro com a Seguros Promo e fechamos o plano Travel Ace TA 40 Especial (com a cobertura mínima de 30 mil Euros exigida para visitar os países do Tratado de Schengen) por R$278,00 por pessoa – o que deu pouco mais de R$ 8,00 por dia.

Dica: Leitores do Viajando na Janela possuem 5% de desconto com a Seguros Promo utilizando o cupom  NAJANELA5. Pagando no boleto você ainda ganha mais 5% de desconto!
(E se não quiser pagar no boleto, mas quiser dividir, com a Seguros Promo você parcela o valor do seguro em até 6x no cartão!)

Clique no link abaixo e faça a sua cotação sem custo:

QUERO MEU DESCONTO!


Quer mais uma opção? A Real Seguros também compara os preços das melhores seguradoras, funcionando da mesma forma que a Seguros Promo.

Clique aqui e faça a sua cotação com a Real Seguros com 10% de desconto!


Qual a melhor época para viajar para a Indonésia?

Quando se fala em viajar para os países do Sudeste Asiático, uma das primeiras coisas que o viajante deve ficar atento é com o clima.

Isto porque nesses países ocorre um fenômeno natural que pode prejudicar bastante a sua trip: as monções asiáticas.

De forma simples, as monções são um fenômeno sazonal que causam fortes e intensas chuvas (e até mesmo tufões) nos países afetados. Ela ocorre em em períodos diferentes a depender da região.

Como a Indonésia fica no hemisfério sul, as chuvas se concentram de novembro a abril. Já a época mais seca vai de maio a outubro, sendo os meses de julho e agosto são considerados como alta temporada.

Nós fomos em setembro e praticamente não pegamos chuva. Pra gente foi uma boa escolha, já que pegamos o tempo firme e os preços estavam melhores.

Roteiro Indonésia 3 semanas - Komodo

Preciso de visto para a Indonésia?

Para até 30 dias, não há a necessidade de visto. Basta chegar na imigração do aeroporto e apresentar seu passaporte com validade mínima de 6 meses a contar da sua chegada no País que você receberá o carimbo de entrada.

Se você pretende ficar mais de 30 dias na Indonésia precisará do visto. Veja maiores informações no site do Itamaraty

Para entrar na Indonésia é necessário ainda:

Importante: Se você for entrar no país por Bali, seu passaporte deverá ter pelo menos duas páginas em branco, e entrando por qualquer outro ponto basta uma, segundo o Itamaraty.


Língua oficial

A lingua oficial da Indonésia é o indonésio (ou Bahasa), mas existem vários outros dialetos por lá, como o javanês e o musi.

Como o país tem se tornado cada vez mais turístico, muitas indonésios (as) também falam inglês. Então é desejável que você saiba pelo menos o básico do idioma para facilitar a sua viagem.

Roteiro Indonésia 3 semanas - religião e costumes

Sobre a religião e costumes da Indonésia

Em algumas ilhas da Indonésia, como Bali, o hinduísmo é a religião principal. Ou seja, por lá você verá vários templos hindus ornamentados e imensas esculturas de pedra representando Shiva, Vishnu, Ganesha e outros deuses hindus.

Rituais com oferendas também são bem comuns de se presenciar pelas ruas e templos. E onde você for, sempre sentirá um aroma gostoso de incenso.

Já na grande maioria das ilhas, a religião predominante é o islamismo. Nestes lugares é muito importante se atentar à forma de se vestir (principalmente mulheres).

O uso de biquínis e maiôs é aceito normalmente nas praias, mas evite circular em outros lugares com trajes de banho.

Para visitar templos hindus e mesquitas, não deixe de observar as regras do lugar, ok?

Gastronomia

A gastronomia da Indonésia é bem saborosa e diferente da nossa. Este assunto merece um post específico e ele será publicado em breve. Aguarde!


Ficou com alguma dúvida? Quer deixar algum comentário? Fique à vontade e utilize a caixa de comentários!


Tudo para a sua viagem

Hospedagem
Reserve o melhor hotel para a sua viagem com o menor preço. Com o Booking você compara diversas opções e escolhe o hotel com melhor custo x benefício. Reserve agora mesmo, com opções de parcelamento e cancelamento grátis.
 Seguro Viagem
Não dá para viajar despreocupado sem seguro viagem! Compare os preços de seguros com os dois melhores sites no assunto: Real Seguros e Seguros Promo. Sempre reservamos nosso seguro através destes sites. Com a Real Seguros, você poderá parcelar o valor em até 12x sem juros. Com a Seguros Promo o valor pode ser dividido em até 6x no cartão de crédito e pagando no boleto, você consegue 5% de desconto. Utilizando o nosso cupom NAJANELA5 você ganha mais 5%. No final fica baratinho e viajamos tranquilos, sem medo de imprevistos!
Alugue um carro Alugue um carro
Nada melhor do que a liberdade que um carro alugado pode dar para uma viagem! Antes de alugar um carro compare os preços das melhores locadoras do Brasil e do mundo no site da RentCars e garanta o melhor preço. A cobrança poderá ser feita em reaissem IOF, e o valor dividido em até 12 parcelas no cartão de crédito.
Passagens aéreas baratas
Procurando passagens aéreas? Dê uma olhada no Passagens Promo, que tem sempre ofertas imperdíveis! Através do Passagens Promo, você obtém uma relação atualizada instantaneamente por ordem de preços dos vôos. São milhares de trechos exclusivos, com tarifas diferenciadas e até 65% de desconto.

Reservando com nossos parceiros, você garante o melhor serviço, consegue o menor preço e ainda ajuda na manutenção do Viajando na Janela (e sem pagar nem um centavo a mais por isso!).

Author

Flávio é mineiro, formado em Direito e já morou em várias cidades diferentes. Tem a fotografia como hobby e o blog como forma de dividir com outros suas experiências e seus clicks.

Deixe seu comentário!