No coração da movimentada cidade de Ubud, um dos principais destinos turísticos da Indonésia, existe um lugar bem incomum. O que de fora parece ser um grande parque arbóreo na região central da cidade, na verdade se trata de uma densa floresta tropical que se tornou o lar de mais de 700 macacos travessos. Este lugar surreal leva o nome de Sacred Monkey Forest e, na nossa opinião, não pode ficar de fora de um roteiro por Bali!


Veja todas as informações, dicas e segredos sobre a Sacred Monkey Forest neste post completo!


Salve a imagem no Pinterest e não perca estas dicas!

Monkey Forest, Ubud

Navegue pelo post


O que esperar da Sacred Monkey Forest, a Floresta Sagrada dos Macacos de Ubud

Se você pretende visitar Bali e já pesquisou algo sobre este destino, provavelmente se deparou com várias fotos de macacos. Isto porque na ilha de Bali eles realmente estão por todas as partes…

Templos, estradas, florestas, cidades e até mesmo nas praias. Sempre nos deparamos com um grupo de macaquinhos “catando piolhos” uns nos outros!

Mas se tem um lugar em Bali que tem macaco pra dar e vender, este lugar é a famosa Sacred Monkey Forest de Ubud (ou, em português, Floresta Sagrada dos Macacos de Ubud).

Monkey Forest, Ubud, Bali

A Monkey Forest é um destino turístico que se tornou bem popular em Bali. E, ao contrário do que se pensa, a floresta vai muito além de “apenas” um lugar para ver e fotografar macacos de perto.

A estrutura que se tem dentro da Floresta é algo incrível!

Além do ambiente bem diferente formado por enormes árvores cobertas de musgo e também por riachos que correm mata adentro, por lá você encontrará também trilhas sinalizadas, onde existem esculturas bem curiosas de macacos (é claro!), e também 3 templos hindus centenários.

Dica: reserve (pelo menos) 2 horas do seu dia para conhecer a Monkey Forest de Ubud.

Ok. E como é este lance de contato com os macacos?

Bem, o que acontece é que os macacos sempre viveram naquela floresta, que, no passado, era muito maior.

Com o passar dos anos a cidade e as plantações foram aumentando e, consequentemente, a floresta foi diminuindo…

Com menos espaço, os macacos começaram a ter mais contato com o ser humano e, apesar de ainda serem selvagens, digamos que hoje eles ficam bem mais à vontade com a nossa presença. Na verdade, à vontade até demais! 😅

Na florestas eles vivem livres e fazem o que bem entendem. Não há qualquer tipo de grades, jaulas ou cercas e, inclusive, é bem comum vê-los nas ruas próximas ao Parque, entrando em lojas e casas, roubando objetos de desavisados ou mesmo subindo em árvores e muros.

Nós sabemos que muitas pessoas tem muito medo de macacos e não acham uma boa ideia passear em um local onde existem vários deles. E também não é segredo que algumas pessoas já foram atacadas por macacos furiosos na Floresta dos Macacos de Ubud.

Contudo, a primeira coisa que você tem que saber antes de se decidir sobre ir ou não é que os macacos não estão nem aí para os turistas, mas sim interessados na comida e nos objetos.

Se você não os provocar, não tentar tocá-los, não oferecer-lhes comida e não der bobeira com suas coisas, terá uma experiência inesquecível neste lugar fantástico!

Então, desde que você esteja disposto(a) a respeitar as regras do lugar, aconselho que vença o medo e separe um tempo para conhecer a Monkey Forest sim!

Leia em seguida: O que fazer em Ubud (roteiro para 3 dias)

Precauções a serem tomadas e regras na Florestas Sagrada dos Macacos

Os macacos na Ubud Monkey Forest são definitivamente os mais legais que você encontrará na Ásia!

Como já estão acostumados com os turistas, eles correm por entre as pessoas, ficam deitadões pelos cantos, roubam comida uns dos outros (e dos turistas), brincam (e brigam) entre eles e se dependuram nas árvores, entre outras travessuras.

Sem contar que é bem comum que as mamães macacos desfilem com seus filhotes agarrados nas costas, o que é bem fofo.

Monkey Forest - mamãe macaco e seu filhote

Você pode explorar a floresta e observar os macacos à vontade. Mas é importante se lembrar que, mesmo acostumados com o contato humano, eles ainda são animais selvagens territorialistas e podem atacar caso se sintam acuados.

Monkey Forest - macaco sobre uma estátua

Então, para evitar qualquer tipo de problema, siga estas regras:

  • Não leve comida para o Parque. Mesmo que a comida esteja guardada, eles poderão tentar encontrá-la se sentirem o cheiro.
  • Não os alimente. Os acidentes com mordidas e arranhões de macacos geralmente ocorrem quando algum turista lhes dá comida. (Os macacos são alimentados 3x ao dia no Parque, com alimentos que fazem parte da sua dieta).
  • Esconda seus objetos. Não dê mole com celulares, brincos, pulseiras, relógios, colares, óculos. Os macacos são espertos e sabem que se eles roubarem objetos, poderão trocar por comida.
  • Não toque nos macacos, especialmente no bebês.
  • Não sorria para eles. Mostrar os dentes é um sinal de agressão.

E se algum macaco subir em você (o que pode acontecer), não entre em pânico. Se ele não encontrar nada de interessante, ele irá embora rapidinho. Também existem guardas espalhados no parque que te ajudarão com qualquer tipo de problema.

Leia em seguida: Roteiro Indonésia – Guia completo para 3 semanas de viagem


Onde fica e como chegar na Monkey Forest

Como mencionei, a Monkey Forest está localizada bem no centro de Ubud, na Jalan Monkey Forest.

Dependendo de onde você estiver hospedado (a), poderá ir até lá à pé, com moto alugada ou de táxi.

Na Monkey Forest existe um estacionamento, que é vigiado por guardas do parque. Não preciso nem falar que a vigilância é necessária para evitar que os macacos arteiros subam nos carros e motos e arranquem partes deles, não é?

Se preferir, contrate um tour com a Get Your Guide.
Clique aqui e veja as opções de passeios em Ubud.

Horário de Funcionamento

O Parque abre diariamente, das 8h30 às 18h. Os ingressos podem ser comprados até 17h30.


Quanto custa visitar a Monkey Forest?

A entrada custa 80.000 rúpias indonésias para adultos (+/- R$24) e 60.000 rúpias para crianças (+/- R$18).
Preço de dez/2019.

Certifique-se do preço no site oficial.

Leia em seguida: 13 coisas para fazer em Uluwatu, Bali

Monkey Forest, Ubud, Bali - templo

Sobre a selfie tirada por um macaquinho, como ela é feita?

É fato. Quem visita à Monkey Forest provavelmente sai de lá com uma foto assim:

View this post on Instagram

Sorria 🐵 . #viajandonajanela #indonesia

A post shared by Flávio Borges (@h.flavioborges) on

Mas, afinal, como diabos essa foto foi feita? Foi o macaco mesmo quem roubou a câmera ou o celular e tirou a foto sem querer? Eles são treinados para isso? Eles também amam redes sociais e fazem selfie com os turistas?

Não. Não é nada disso! O macaco não roubou a nossa câmera, nem muito menos fez a foto!

O truque por trás da foto são os guardas da Monkey Forest.

Eles pegam o nosso celular enquanto nos posicionamos atrás de um macaquinho. Ai, o guarda oferece uma sementinha ou fruta para o macaco mas não a entrega de imediato. Ele deixa o alimento bem próximo da lente e, quando o macaco estica o braço para pegar, ele faz o clique. Pronto! Temos uma selfie bem diferente!

Vendo a foto abaixo você entenderá melhor o processo:

Monkey Forest, Ubud, Bali - selfie com macaco

Informações e curiosidades sobre a Monkey Forest

  • Dentro da Floresta existem 3 templos sagrados:
    • Pura Dalem – dedicado à Shiva
    • Templo da Água Sagrada – dedicado à Gangga
    • Templo da Cremação – dedicado à Brahma
      Este último funciona como um cemitério. Os templos não são abertos para turistas.
  • As esculturas dos macacos não são apenas enfeites, elas representam a energia emanada pela Floresta Sagrada. Lembrando que os macacos são considerados sagrados pelos hindus.
  • No Parque existe uma clinica veterinária que cuida dos macaquinhos feridos e doentes.
  • Se algum macaco te ferir, procure a clínica de primeiros socorros que há dentro do Parque.
  • No Parque existem cerca de 700 macacos divididos em 6 grupos. Eles são bem territorialistas e por isso é comum vê-los brigando por território, comida e fêmeas.

Leia em seguida: Pura Tirta Empul, o templo da Água Sagrada


Seguro Viagem

Sempre é bom estarmos prevenidos, não é? Nunca se sabe quando vamos ter um problema como uma mala extraviada, uma intoxicação alimentar ou tomar uma mordida de macaco [brincadeirinha! Ninguém vai ser mordido por macaco rsrs].

Mas brincadeiras à parte, Seguro Viagem é um item que a gente nunca pensa em utilizar, mas quando precisamos, ele faz toda a diferença do mundo! Ainda mais quando estamos em um país tão diferente do nosso como é a Indonésia.

Nós sempre optamos por viajar com a tranquilidade e pesquisamos nossos seguros em dois sites que comparam diversas seguradoras e apresentam aquelas com melhor custo x benefício.

Estes sites são a Seguros Promo e da Real Seguros. Duas ferramentas bem úteis e que recomendamos.

Leia também: Como contratar um bom seguro viagem para a Ásia

Pra nossa viagem de 1 mês na Ásia (com escala na Europa), nós cotamos o seguro com a Seguros Promo e fechamos o plano Travel Ace TA 40 Especial (com a cobertura mínima de 30 mil Euros exigida para visitar os países do Tratado de Schengen) por R$278,00 por pessoa – o que deu pouco mais de R$ 8,00 por dia.


Onde ficar em Ubud

A escolha de um bom hotel/ hostel em Ubud vai depender diretamente do seu estilo de viagem e do que você procura.

Se você não pretende alugar uma moto para se locomover, uma boa pedida para não depender tanto de táxis ou apps de transporte é escolher uma localização mais central. Nossas indicações no centro de Ubud são: Dewangga Ubud | Nur Guest House | Meruhdani Hotel

Quer um ambiente mais zen, cercado de muito verde e com uma bela piscina para relaxar? Confira estas opções: Villa Ubud Sunshine | Amatara Arya Ubud

Agora se você está viajando no modo mais econômico, não esquente! Em Ubud existe excelentes opções com preços bem amigáveis! Veja algumas boas indicações: Kubu Loris | Putu’s Paradise | ThreeWin Homestay

Agora, se você procura conforto para curtir as férias dos sonhos, em Ubud você encontrará redes de hotéis incríveis! Dê só uma olhada nesta seleção: Four Seasons Resort | Bidadari Private Villas | Komaneka at Tanggayuda Ubud


Siga nossas redes sociais para não perder nada do que rola por aqui!


Leia também: Como contratar um bom seguro viagem para a Ásia


Tudo para a sua viagem

Hospedagem
Reserve o melhor hotel para a sua viagem com o menor preço. Com o Booking você compara diversas opções e escolhe o hotel com melhor custo x benefício. Reserve agora mesmo, com opções de parcelamento e cancelamento grátis.
 Seguro Viagem
Não dá para viajar despreocupado sem seguro viagem! Compare os preços de seguros com os dois melhores sites no assunto: Real Seguros e Seguros Promo. Sempre reservamos nosso seguro através destes sites. Com a Real Seguros, você poderá parcelar o valor em até 12x sem juros. Com a Seguros Promo o valor pode ser dividido em até 6x no cartão de crédito e pagando no boleto, você consegue 5% de desconto. Utilizando o nosso cupom NAJANELA5 você ganha mais 5%. No final fica baratinho e viajamos tranquilos, sem medo de imprevistos!
Alugue um carro Alugue um carro
Nada melhor do que a liberdade que um carro alugado pode dar para uma viagem! Antes de alugar um carro compare os preços das melhores locadoras do Brasil e do mundo no site da RentCars e garanta o melhor preço. A cobrança poderá ser feita em reaissem IOF, e o valor dividido em até 12 parcelas no cartão de crédito.
Passagens aéreas baratas
Procurando passagens aéreas? Dê uma olhada no Passagens Promo, que tem sempre ofertas imperdíveis! Através do Passagens Promo, você obtém uma relação atualizada instantaneamente por ordem de preços dos vôos. São milhares de trechos exclusivos, com tarifas diferenciadas e até 65% de desconto.

Reservando com nossos parceiros, você garante o melhor serviço, consegue o menor preço e ainda ajuda na manutenção do Viajando na Janela (e sem pagar nem um centavo a mais por isso!).

Flávio é mineiro, formado em Direito e já morou em várias cidades diferentes. Tem a fotografia como hobby e o blog como forma de dividir com outros suas experiências e seus clicks.

2 Comentários

Escreva um comentário