Railay Beach, um dos principais destinos de praia na Tailândia, não nos decepcionou e ainda nos mostrou por que cada vez mais turistas do mundo todo estão deixando o agito de Ao Nang em busca dos mares azuis deste paraíso.


Entendendo Railay Beach

  1.  Railay Beach, ao contrário do que muitos pensam, não é uma ilha e sim uma península pertencente à provincia de Krabi.
  2. Mesmo ficando no continente, Railay só é acessível de barco.
  3. Railay Beach se divide basicamente em dois lados: Railay West e Railay East.
  4. Do lado West ficam os resorts mais caros,  já que lá está a praia própria para banho.
  5. Se você quiser economizar um pouco, poderá se hospedar do lado East. Neste lado o mar não é legal pra banho, já que se trata de um mangue. Mas isso é só um detalhe, em 5 minutinhos você vai de uma ponta a outra de Railay, por caminhos sinalizados e fáceis de seguir.
  6. Se comparado com outros lugares da Tailândia, Railay é um pouco mais cara.
  7. Quer saber todos os gastos que tivemos em Railay? Veja aqui quanto custa viajar pela Tailândia.

Até consideramos nos hospedar em Ao Nang, por ser bem mais barato e ter muito mais infraestrutura, mas de última hora decidimos mudar os planos.

E se valeu a pena a hospedagem em Railay Beach? Vou te contar agora

Railay Beach: Longtail
Longtail em direção à Railay Beach

Como chegar em Railay Beach?

Saindo de Bangkok, o meio mais prático é o avião. Apenas uma horinha de voo e já estávamos aterrissando em Krabi. Também dá pra ir de ônibus, mas são aproximadamente 12 horas de viagem e o preço da passagem, dependendo da época, é praticamente igual ao do avião.

Logo na saída do aeroporto de Krabi, além da opção de pegar um táxi (modo mais caro),  há um guichê que vende passagens de um ônibus que leva até Ao Nang, e o preço varia conforme o ponto de desembarque do passageiro.

Compramos os tickets para Ao Nang mas, no meio do caminho, o motorista parou em um ponto e disse que quem iria para Railay Beach deveria descer ali.

Logo que descemos, seguimos a galera que também estava indo para Railay Beach e poucos metros a frente de onde o ônibus parou encontramos um quiosque que vendia a ida para Railay.

Compramos os tickets do barco e fomos na direção que o vendedor nos indicou.

Alguns metros a frente haviam algumas lojinhas e uma espécie de píer. Os barqueiros aguardavam o horário do próximo longtail.

Pier de Railay Beach

O longtail saiu pontualmente no horário marcado e em poucos minutos chegamos em Railay.

Duas dicas importantes:

Aproveitamos esse tempo em que estávamos aguardando o longtail para colocar a capa nas nossas mochilas, pois já havíamos lido diversos relatos de pessoas que tiveram a bagagem molhada nesses trajetos de barco.

Cuidado com aquele ‘píer’ flutuante, bem comum por lá: desastrada que sou, fui me desequilibrando do ponto que desembarcamos  até chegar em terra firme!


Qual a melhor época para conhecer Railay Beach?

A época seca em Railay Beach vai de novembro a março. Então, se programe para pegar pegar estes mês por lá.

De abril a outubro ocorre o fenômeno das monções na região oeste da Tailândia, justamente onde está Railay, Koh Phi Phi, Phuket, Ao Nang, Krabi… E, sim, as monções podem comprometer muito a sua viagem.

O que são monções?

Resumidamente, as monções são ventos que sopram do oceano em direção ao continente e trazendo muita umidade e causando fortes tempestades.

Nos meses de monções as chuvas acontecem com muita frequência, sendo que, dependendo da época, pode chover dias e dias seguidos.


Siga nossas redes sociais para não perder nada do que rola por aqui!


Railay Beach: Onde comer?

Se você já está montando seu roteiro, provavelmente deve ter lido várias vezes por aí que é bem comum passar mal nas praias tailandesas, seja por ter bebido um suco com água de procedência duvidosa ou comido alguma coisa que não foi muito bem aceita pelo estômago..

Acho que no final das contas, vai muito da sorte e da resistência de cada pessoa, já que procuramos escolher bem onde fazíamos as refeições e nem assim escapamos de uma noite de reinado, se é que me entende… kkk

Veja só um resuminho dos restaurantes que fomos em Railay:

Restaurante do Railay Princess

Nos hospedamos no Railay Princess Resort e aproveitamos a praticidade para fazer algumas refeições por lá.

A comida do restaurante do hotel era super gostosinha. Os preços eram na média de Railay Beach. Almoçamos um dia (calzone – serve duas pessoas) e jantamos por duas vezes (as duas vezes foram pizza + cerveja). – Até pensamos em comer um camarãozinho mas ficamos morrendo de medo de passar mal kkk.

Railay Beach: onde comer

Restaurante do Anyavee

No segundo dia na praia, decidimos arriscar outro lugar para almoçar. Passeando pela ‘orla’ de Railay East, curtimos o cardápio do restaurante do Anyavee Resort e resolvemos provar.

Eu fui de espaguete à carbonara e pela primeira vez arrisquei um suco com gelo. Muito gostosa a comida, e yaaaaay, não passei mal com o suco!

O atendimento foi bom e até voltamos no fim do dia pra jantar, mas estava fechado.

Restaurante do Railay Bay

Railay Bay pertence ao mesmo grupo do Railay Princess, porém fica na Railay West.

No nosso último dia por lá, resolvemos nos dar ao luxo de jantar curtindo a vista pro mar!

Depois de avaliar os cardápios dos restaurantes desse lado de Railay, ficamos no Railay Bay. Pedimos refrigerante, cerveja e pra variar, pizza.

O atendimento foi razoável, mas o pior ainda estava por vir…

Passamos mal justo na véspera da ida para Phi Phi, e o medo de continuar o com o vômito e “piriri” nos fez inaugurar a farmacinha que levei.

E ó, até que funcionou e no final não precisamos acionar o seguro viagem! Acordamos relativamente melhores e não tivemos maiores problemas no ferry. Amém! 


Seguro Viagem

E por falar em seguro viagem, saiba que ele é um item indispensável para qualquer viagem internacional.

Na Tailândia, que é um país com hábitos e cultura totalmente diferente da nossa, a sua importância dobra!

Com um bom seguro, se você tiver algum problema como uma infecção intestinal ou um forte “piriri” (quem nunca? kkk), poderá receber assistência médica com todo o apoio da seguradora e ainda ter todas as despesas custeadas por ela.

Outra super vantagem é o apoio que a seguradora te dá em momentos mais complicados. Ao acionar seu seguro pelo whatapp ou outro aplicativo, você será direcionado(a) para o hospital ou posto de saúde mais próximo. Dependendo da situação, o médico vai até o seu hotel ou onde você estiver.

Como um bom seguro viagem para a Ásia custa em média 12 reais o dia, na minha opinião vale muito a pena investir nesta tranquilidade.

No post Seguro Viagem Internacional (clique) explicamos direitinho como funciona o seguro viagem, então recomendo a leitura.

E se você quiser fazer uma cotação, indico a Real Seguros e a Seguros Promo que são nossas parceiras e oferecem seguradoras confiáveis e com o menor preço para nossos leitores. No final você pagará menos e poderá viajar despreocupado (a).

Tanto a Real Seguros como a Seguros Promo funcionam como o “Booking”, você faz a cotação e a plataforma te indicará as melhores opções de seguradoras. Dai então é só você escolher o seu plano e contratar o seguro.

Faça a sua cotação no botão abaixo já com o cupom de 5% de desconto aplicado!


O que fazer em Railay Beach?

Curtir um dia tranquilo e ensolarado de praia em é uma ótima opção, mas existem muitas coisas para fazer em Railay Beach. Veja só!

O que fazer em Railay Beach: escalada

1. Escalar um paredão

Um verdadeiro paraíso para os amantes desse esporte, Railay possui mais de mil vias de escalada.

Existem diversas empresas que oferecem desde o aluguel dos equipamentos necessários até o acompanhamento de instrutores e guias, que possuem vários tipos de pacotes para iniciantes e veteranos na prática do esporte.

Para os mais corajosos, há ainda a opção de saltar no mar de Andaman do alto de penhascos de até 28 metros. E aí, topa? 

2. Curtir Phra Nang Beach

Phra Nang Beach é mais uma daquelas praias tailandesas paradisíacas que a gente nunca enjoa.

O mar de lá é muito calminho e os turistas aproveitam pra se esticar na areia e pegar uma corzinha, nadar ou alugar um caiaque para remar pelas águas verdinhas da praia.

Uma dica é curtir Phra Nang Beach pela manhã ou no final do dia. Durante o dia, os turistas invadem a praia e acabam ofuscando as belezas dela.

O que fazer em Railay: curtir uma praia!
O que fazer em Railay: curtir uma praia!

3. Conhecer a Phra Nang Cave

Bom, Phra Nang Cave tinha tudo pra ser uma entre as várias cavernas que existem em Railay… Maaaaaas, digamos que o turista que chegue lá desinformado pode tomar um susto com o lugar. 

Reza a lenda que a Phra Nang Cave é habitada pelo espírito de uma princesa indiana que foi morta em um naufrágio. Então, para conseguir boa sorte e a benção da princesa, os pescadores e moradores locais deixam várias oferendas para ela. O mais inusitado de tudo é que a princesa não recebe como oferendas flores, comidas ou preces, o negócio dela são oferendas em forma de pênis!

Literalmente é uma montanha de piroca objetos fálicos kkk! Pelas fotos dá pra se ter uma noção.

4. Ver o por do sol na Railay West

O entardecer do lado West é fascinante!

Tiramos um dia pra curtir a tarde por lá e não nos arrependemos. O céu ia ganhando tons alaranjados e arroxeados que deixavam a paisagem ainda mais linda!

Os restaurantes também ganhavam mais vida nesse horário a medida que as luzes iam se acendendo e iluminando as árvores vizinhas, com luzinhas e luminárias de várias cores e formatos.

Pôr do sol em Railay Beach

5. Ir até o View Point

Esta atividade é para os fortes! Se você quiser se aventurar até o View Point, prepare-se. O acesso até lá não é muito simples.

A trilha é bem íngreme e em alguns pontos é necessário o uso de cordas para apoio.

É importante também ir de tênis e levar bastante repelente, já que o caminho é mata adentro.

Não fomos até o View Point, mas vimos várias fotos de lá e a vista é realmente incrível!

Dica: para quem estiver muuuito animado, continuando a trilha do View Point existe também a Secret Lagoon, uma lagoa escondida em meio à mata.

6. Conhecer outras ilhas e passear de longtail

Na vilinha de railay você encontrará vários lugares vendendo tours pelas ilhas desertas da região.

Entre eles estão o passeio até Hong Island e também o Four Island.

Nós fizemos somente o Hong Island já que não tínhamos tanto tempo disponível, e posso dizer que este foi um dos passeios mais legais que fizemos na Tailândia.

A ilha é desabitada, tem um mar calminho, excelentes pontos para snorkel e ainda passa por outras ilhas lindas demais.

O passeio dura um dia inteiro e você pode ler mais sobre ele no post: Hong Island, uma ilha perfeita na Tailândia.


Onde ficar em Railay Beach?

Hospedar-se no lado East ou West? Eis a dúvida de 10 a cada 10 pessoas que querem visitar a praia!

Bom, eu achei tudo muito perto por lá, então acho que tanto faz.

Nos decidimos pelo Railay Princess depois de ler praticamente TODOS os comentários do Booking e do TripAdvisor da maioria dos hotéis. As avaliações positivas e o custo benefício foram considerados na nossa escolha.

Abaixo vou deixar algumas sugestões:

(Clique no nome do hotel para conferir os preços e as avaliações no booking.com)

Railay Princess

Foi o hotel em que nos hospedamos.

Staff atencioso, boa estrutura (com duas piscinas), café da manhã bem gostoso com vista pro mar e fica de frente ao píer, a uns 3 minutos de caminhada até Railay West.

⭐ Veja no Booking

Railay Princess

Rayavadee

O maior e mais caro hotel da praia. As avaliações são só elogios e a estrutura que o Rayavadee oferece parece realmente fazer valer o investimento.

Os chalés estão imersos na floresta da ilha e são extremamente confortáveis e o Resort possui uma piscina perfeita com borda infinita e climatizada.

Se seu orçamento não estiver apertado, é uma ótima pedida!

As diárias incluem café da manhã e todos os mimos que um hotel 5 estrelas oferece. O hotel tem um notão no Booking: 9.3*!
*em 2019

⭐ Veja no Booking

Avatar

O Avatar fica na Railay East e é bem próximo do Railay Princess, onde nos hospedamos. Vários quartos tem uma varanda com acesso direto pra piscina, e alguns contam com piscina privativa.

O hotel é bem avaliado no Booking.com e tem diárias a partir de R$136,00 (informações de junho/2017).

⭐ Veja no Booking

Sand Sea

Mais um hotel lindo e bem avaliado no Booking.com, o Sand Sea é um resort pé na areia e fica na Railay West. O hotel tem uma piscina linda de frente pro mar, além do restaurante ao lado que também conta com essa vista.

⭐ Veja no Booking

Veja neste post do Viagem que Sonhamos um review do Hotel Sand Sea.


Quantos dias ficar?

Depende. Tem dias (e $$$) sobrando no seu roteiro? Uns três ou quatro tá de bom tamanho.

Em um dia conheça os arredores: Railay West, Phra Nang Cave e Phra Nang Beach e, se ainda tiver disposição, suba o Viewpoint. No segundo, pegue um barco e conheça Hong Island, e no terceiro dia faça o tour das 4 ou 7 ilhas.

O roteiro tá corrido e/ou a grana tá curta? Dois dias completos é suficiente pra conhecer o básico.

Nós ficamos três dias em Railay Beach, mas o primeiro dia foi praticamente perdido, pois estávamos super cansados (ainda sob os efeitos do jetlag).

Passamos a tarde do primeiro dia conhecendo os arredores do hotel e, depois do jantar, capotei no quarto e só fui acordar no dia seguinte!

No segundo dia, passeamos pela Phra Nang Cave, Phra Nang Beach e pela Railay West. Choveu a tarde e ainda assim ficamos na praia (mineiro não pode desperdiçar um diazinho sequer de mar, né gente? ).

No terceiro dia, nos tocamos de que era o último dia em Railay fizemos o passeio até Hong Island.


Afinal, valeu a pena ficar hospedado em Railay Beach?

A resposta é: SIM!

A praia é linda, tranquila, tem várias opções de tour para ilhas próximas e, mesmo que o custo das coisas lá seja superior ao das outras ilhas e praias que visitamos, ainda é muito barato se comparado ao que estamos acostumados no Brasil.

Para quem gosta de contato com a natureza, a praia é um verdadeiro paraíso e merece muito fazer parte do seu roteiro!  Só indo mesmo para entender como Railay Beach é especial!


Espero de coração que este post te ajude na sua viagem. Qualquer dúvida deixe um comentário que certamente responderemos. E se você quiser compartilhar o seu relato ou dicas sobre Railay, a caixinha de comentários abaixo é toda sua!


Tudo para a sua viagem

Hospedagem
Reserve o melhor hotel para a sua viagem com o menor preço. Com o Booking você compara diversas opções e escolhe o hotel com melhor custo x benefício. Reserve agora mesmo, com opções de parcelamento e cancelamento grátis.
 Seguro Viagem
Não dá para viajar despreocupado sem seguro viagem! Compare os preços de seguros com os dois melhores sites no assunto: Real Seguros e Seguros Promo. Sempre reservamos nosso seguro através destes sites. Com a Real Seguros, você poderá parcelar o valor em até 12x sem juros. Com a Seguros Promo o valor pode ser dividido em até 6x no cartão de crédito e pagando no boleto, você consegue 5% de desconto. Utilizando o nosso cupom NAJANELA5 você ganha mais 5%. No final fica baratinho e viajamos tranquilos, sem medo de imprevistos!
Alugue um carro Alugue um carro
Nada melhor do que a liberdade que um carro alugado pode dar para uma viagem! Antes de alugar um carro compare os preços das melhores locadoras do Brasil e do mundo no site da RentCars e garanta o melhor preço. A cobrança poderá ser feita em reaissem IOF, e o valor dividido em até 12 parcelas no cartão de crédito.
Passagens aéreas baratas
Procurando passagens aéreas? Dê uma olhada no Passagens Promo, que tem sempre ofertas imperdíveis! Através do Passagens Promo, você obtém uma relação atualizada instantaneamente por ordem de preços dos vôos. São milhares de trechos exclusivos, com tarifas diferenciadas e até 65% de desconto.

Reservando com nossos parceiros, você garante o melhor serviço, consegue o menor preço e ainda ajuda na manutenção do Viajando na Janela (e sem pagar nem um centavo a mais por isso!).

Escrito por

Mineira, 31 anos, formada em Sistemas de Informação com Pós em Administração e Marketing. É apaixonada por viagens, principalmente aquelas que possibilitam visitar novos lugares e conhecer novas culturas. Passa horas na internet lendo relatos de outros viajantes e adora contar suas experiências nas redes sociais e no blog.

28 Comentários

  1. Pingback: O que não te contaram sobre a Tailândia | Leve Sem Destino

  2. Você estão me deixando cada dia com mais vontade de conhecer a Tailândia, sorte que vou ter dicas ótimas aqui pra me ajudar. Fiquei besta com as cores desse pôr do sol, maravilhosa e sobre a caverna de piroca, não aguentei e dei um boas risadas, essa diversidade de cultura é muito interessante, mas não deixa de ser hilário. Parabéns pela matéria.

  3. Acho que vocês só vão parar de postar estas fotos maravilhosas quando todo mundo comentar aqui que comprou a passagem para a Tailândia, né? Ainda não estou lá, mas tô mandando o link pro meu marido ler e compartilhando na minha página, porque as pessoas precisam ver isso!

  4. Gente, é uma postagem melhor que a outra! Huihaiushdua
    Achei as fotos simplesmente fantásticas e acho que só elas já respondem a pergunta inicial do post. Lugar lindo lindo lindo lindo! Pena que vocês passaram mal antes de ir para Phi Phi, mas acho que aproveitaram bem a viagem (:

  5. Que paraiso! As fotos ficaram lindas demais, eu babei aqui! Tô sonhando com uma viagem para a Tailandia faz tempo, e com um cenário maravilhoso assim, eu entraria na água com chuva ou com sol! 😀

  6. Que delícia de lugar!!! E que dica maravilhosa! Adorei! Estou nos preparativos para (se tudo der certo) conhecer a Tailândia no ano que vem. Já te falei que vou usar TODAS as suas dicas né? 😉

  7. Que delícia de lugar! E o post ficou muito completo, adore. 😀 Eu nunca fui muito de praia, mas não tem como não querer conhecer a Tailândia e experimentar um pouco desse paraíso.

  8. “dizem que se alguém jogar qualquer objeto fálico no mar ele vai parar diretamente nesta caverna.” HAUHEUAHEA VOU FAZER ESSE TESTE!! quero ver msm essa parada ai da princesa hauehae

  9. Depois desse seu post eu não pensaria duas vezes em me hospedar nesse lugar! Lindo demais, como a maioria dos lugares na Tailândia. Deve ser fantásticos curtir todo esse paraíso!

    • Flávio Borges Responder

      Que bom que curtiu! Sem dúvidas Railay é um paraíso mesmo! 😛

      Abraço

  10. Excelente sugestão… e as fotos dão MESMO grande vontade de fazer a mochila e passar uns bons dias nesse paraíso. Obrigado pela partilha 🙂

    • Flávio Borges Responder

      Fala Rui!

      Vou te contar que rever estas fotos me dá uma vontade imensa de repetir essa viagem, viu!?

      Abraço

  11. Que lugar lindo . Lindas fotos e post bem completo.
    E essa oferenda ? Kkkkk aiai
    Obrigado por compartilhar

  12. Que lugar fascinante! Esse destino já está na minha lista. A cada foto fico mais encantada! HAHAH.
    Obrigada pelas dicas!

  13. Muito boas as dicas, tenho muita vontade de conhecer a Tailândia, e essa praia é fantástica, hein? Pena ser um pouco mais cara do que as outras, mas ainda sim parece valer a pena!

  14. Que lugar maravilhoso de tão lindo! O Por do sol é extraordinário!! Belíssimos cenários, sem dúvida alguma!

    Achei suuuper divertida a história da princesa indiana!!! Deve ser mesmo uma delícia gastar alguns dias por aí! 🙂 Em tempo: se não estiver frio, praia com chuva pode ser bem legal! eheheh

  15. Adorei Railay, é verdadeiramente magnífico. Já aí estive há bastante tempo e espero que continue a ser o paraíso que conheci durante muito tempo.

  16. Super entendo o mergulho na chuva, paulistana que sou, também não perco praia não! hahaha
    Ahh então é aí que fica a tal caverna das pirocas.. 😳🙈 Já tinha visto fotos por aí nas redes sociais, um tempo atrás. Gente… 😂😂😂
    Seus textos são muito legais e divertidos!! 😀
    Parabéns de novo!
    bjs

  17. Acho que deve ser uma viagem fantástica. Sou louca para conhecer a Tailândia. Um dia ainda vou.

Escreva um comentário