Santiago é a capital do Chile e é um dos principais destinos internacionais dos brazucas. O motivo? São vários: passagens aéreas com bons preços, a possibilidade de ver neve pela primeira vez, bons vinhos, paisagens incríveis…

Para ajudar no seu planejamento e na montagem do seu roteiro, selecionamos várias sugestões sobre o que fazer em Santiago e arredores, com atrações para todos os gostos e bolsos! Bora conferir?

Sobre Santiago do Chile

Neve, friozinho, Cordilheira, bons vinhos, pisco sour… Tudo isso me vem à cabeça quando lembro de Santiago.

A capital chilena fica a aproximadamente 4 horas de voo de São Paulo e sempre rola promoção de passagens aéreas pra lá.

O transporte público da cidade também funciona muito bem, o que facilita e muito a vida de quem quer turistar de forma independente.

Se comparada com outras capitais da América do Sul, Santiago é um pouco mais cara (principalmente por conta da desvalorização do Real). Mas considerando toda a estrutura, as facilidades e a receptividade que a capital chilena nos oferece, Santiago é sim uma boa opção para quem quer visitar um lugar diferente.

E tenho certeza que você não vai se arrepender de passar suas férias por lá!

O que fazer em Santiago, Chile - sobrevoando as Cordilheiras dos Andes
Sobrevoando as Cordilheiras dos Andes

Onde ficar | Hotéis em Santiago

Santiago é uma cidade enorme, então é normal bater aquela dúvida cruel na hora de decidir onde se hospedar.

Os bairros e regiões mais procurados pelos turistas brasileiros são:

Centro

Além das inúmeras opções, as hospedagens no centro de Santiago costumam ter preços bem convidativos. Dá pra ir caminhando até os principais pontos turísticos do centro histórico e existem várias estações de metrô nas proximidades, o que facilita o deslocamento até outras regiões da cidade.

Nos hospedamos no centro na primeira vez que visitamos a cidade, e o único ponto negativo é que à noite a maior parte das ruas ficam praticamente desertas e não há muitas opções de restaurantes ou barzinhos.


FIQUE NO CENTRO SE…

Você quer estar próximo (a) dos principais pontos turísticos de Santiago e/ou se quiser economizar.


Opções baratinhas:

Guest House Mery | Poker Hostal | Hostal Forestal | Hostal Providencia | Chile Lindo Hostel

Opções com bom custo-benefício:

Pátio Yungay Bed & Breakfast | Hostal Rio Amazonas | Hotel Panamericano | Hotel Sommelier

Opções mais confortáveis:

Hotel Plaza San Francisco | Hotel Cumbres Lastarria | The Singular | Hotel Magnolia

Apartamentos:

Santiago Town Suítes | Moneda Express Apart | SantiagoApart | Amistar Apartments

Providência e Bellavista

Junto com o centro, o bairro de Providência é uma das regiões preferidas pelos turistas que visitam a capital chilena.

O bairro de Providência fica próximo de atrações como o Cerro San Cristóbal, do Pátio Bellavista e do Shopping Costanera e também do centro histórico da cidade.

Na nossa última passagem por Santiago ficamos em um apartamento quase na divisa entre Providência e o centro. Havia várias opções de restaurantes nas proximidades e as ruas eram bem movimentadas.


FIQUE NOS BAIRROS PROVIDÊNCIA OU BELLAVISTA SE…

você quer ficar hospedado (a) em um bairro bem turístico e cheio de bares e restaurantes.


Opções baratinhas:

Hostal Tambo Verde | Yogi Hostel | Chile Pepper Hostel | Casa Viva

Opções com bom custo-benefício:

Rado Boutique Hostel | Providencia B&B | Park Plaza Bonaparte | Hotel Presidente Suites | Hotel Diego de Almagro Providencia

Opções mais confortáveis:

The Aubrey Boutique Hotel | Solace Santiago | Sheraton Santiago | Ladera Boutique Hotel

Apartamentos:

Departamentos Orly | Premium Tours & Lodging Lyon | Apartamento Renova | City Centro Apartamentos

El Golf, Vitacura e Las Condes:

São alguns dos bairros mais modernos da cidade, cheios de restaurantes exclusivos, arranha-céus e centros comerciais. A região que compreende Las Condes e Vitacura também é conhecida como Sanhattan, por se tratar de um importante centro comercial e financeiro da cidade.

As ruas Alonso de Córdoba e Nueva Costanera são repletas de lojas de grife, como acontece na famosa Oscar Freire, em São Paulo.


FIQUE NOS BAIRROS EL GOLF, VITACURA E LAS CONDES SE…

você quer se hospedar em bairros nobres e modernos.


Opções baratinhas:

Hostal Las Condes Rotonda Atenas | B&B Manque | Homestay

Opções com bom custo-benefício:

Plaza El Bosque Ebro | Director Vitacura | Regal Pacific Santiago | DoubleTree By Hilton

Opções mais confortáveis:

Noi Vitacura | Icon Hotel | Best Western Premier Marina Las Condes | Courtyard By Marriott

Apartamentos:

Rent Apart Las Condes | Sunset Apartments | Norus Apartments | Vip Home Costanera


Preciso de seguro-viagem para visitar Santiago?

Não só pra visitar Santiago, mas qualquer lugar, principalmente destinos internacionais.

O Seguro Viagem não é obrigatório. Mas viajar com a tranquilidade de um seguro viagem pode evitar inúmeras dores de cabeça durante suas preciosas férias. Afinal, qualquer pessoa – e em qualquer lugar do mundo – está sujeita a contrair uma intoxicação alimentar, a ter sua bagagem extraviada ou sofrer algum acidente durante a viagem.

Tem alguma dúvida sobre seguro? Confira todos os detalhes sobre Seguro Viagem na América do Sul neste post.

Quer fazer uma cotação sem compromisso? Então utilize sites que comparam diversos seguradoras e te apresentam as melhores opções.

Nós sempre utilizamos os sites da Seguros Promo e da Real Seguros para isso.

Clicando nos botões abaixo, você poderá cotar o seu seguro já com um cupom de desconto aplicado:


O que fazer em Santiago –
principais pontos turísticos e atrações

1 – Centro Histórico

Dá pra conhecer todas as principais atrações do centro histórico de Santiago à pé.

Assim como em quase todas as cidades de colonização espanhola na América Latina, Santiago possui uma Plaza de Armas pra chamar de sua.

Por ali estão alguns prédios importantes, como a Catedral Metropolitana de Santiago, o Museu Histórico Nacional, a Municipalidade de Santiago e a agência dos Correios do Chile, que ocupa um edifício em estilo neoclássico muito bonito.

A algumas quadras de distância fica o Palácio de La Moneda, sede da Presidência da República. É possível conhecer seu interior, desde que a visita seja previamente agendada no site oficial do governo*.
*as visitas acontecem de segunda à sexta, em quatro horários: 9h30, 11h, 15h e 16h30

No subsolo do Palácio funciona o Centro Cultural La Moneda, que abriga diversas obras e exposições sobre a história e cultura no país, além de oferecer oficinas educacionais para crianças, lojinhas de souvenires, cafés e restaurante.

Confira a programação do Centro Cultural La Moneda no site oficial.

Você também pode conhecer alguns desses pontos turísticos participando de um free walking tour gratuito por Santiago (dica da Josiane, do blog Uma Turista Nas Nuvens).


2 – Troca de Guarda

A Troca de Guarda (ou Cambio de Guardia, em espanhol) é um dos eventos cívicos mais tradicionais do Chile, e que acabou se tornando uma atração entre os turistas.

A cerimônia acontece desde 1851, dia sim, dia não, na Plaza de La Constitución, em frente ao Palacio de La Moneda, e marca a troca de guarda entre os carabineros (policiais) que fazem a segurança do Palácio.

Algumas dicas práticas e curiosidades:

  • O evento acontece pela manhã, às 10h em dias de semana e às 11h aos finais de semana e feriados, e dura em média 40 minutos.
  • Existem duas cores de farda: a verde, usada durante o inverno, e a branca, usada durante o verão.
  • Caso você esteja hospedado (a) em outra região, pode pegar o metrô e descer na estação La Moneda.
  • A cerimônia é acompanhada pela Orquestra dos Oficiais, que executa, além do Hino Nacional, músicas populares ao redor do mundo, inclusive brasileiras, como a Aquarela do Brasil.
O que fazer em Santiago, Chile - troca de guarda
Troca de guarda em frente ao Palacio de La Moneda

3 – Mercado Central

Tem lugar melhor pra conhecer os sabores de uma cidade do que um mercado municipal?

No Mercado Central de Santiago é possível conhecer (e claro, provar!) diversas comidas típicas, inclusive um dos pratos mais famosos por lá: a centolla, um caranguejo gigante que habita as profundas e geladas águas do sul do Pacífico.

Além dos vários restaurantes, você também pode perambular pelas mercearias, lojinhas de artesanatos e lembrancinhas, padarias, etc.

Confira mais detalhes sobre o Mercado Central de Santiago neste post do blog Vida Sem Paredes.

4 – Cerro Santa Lucía

O Cerro Santa Lucía fica pertinho do Palácio de La Moneda e é um dos principais pontos turísticos da capital chilena, por isso não poderia ficar de fora da nossa lista do que fazer em Santiago.

A colina é um refúgio tranquilo em meio ao movimentado centro da cidade, e é uma ótima pedida para desacelerar e curtir a vista para a Cordilheira dos Andes.

O cerro possui diversas entradas, sendo a principal (onde fica a Fonte e o Terraço Neptuno) na Av. Libertador Bernardo O’Higgins, próxima à estação de metrô Santa Lucía.

A subida é bem tranquila, e pouco acima do Terraço Neptuno fica o Terraço Caupolicán, um espaço todo arborizado e com banquinhos que são um verdadeiro convite para se sentar e ficar admirando a cidade.

Mas não acabou! Continuando a subida você ainda vai passar por uma capelinha que abriga o túmulo de Benjamín Vicuña Mackenna, idealizador do Cerro Santa Lucía, e mais acima a Torre Mirador, um mirante de onde se tem uma vista bem bonita da cidade e da Cordilheira.

O acesso até o mirante é feito através de escadas irregulares de paralelepípedos, por isso é preciso ir com calma para não cair ou escorregar.

5 – Bairro / Pátio Bellavista

Uma das regiões preferidas pelos turistas e santiaguinos que procuram agito e boa gastronomia: estou falando do bairro Bellavista, em Santiago!

Aos pés do Cerro San Cristóbal (outra atração imperdível, falo dele já já!), o Bellavista é um bairro repleto de manifestações artísticas, como paredes grafitadas e casinhas coloridas, além de ótimos e renomados bares e restaurantes.

Algumas opções que fazem sucesso entre os turistas que visitam o bairro são o Galindo, o Como Água Para Chocolate, o Peumayen Ancestral Food, o Barrica 94 e o Uncle Fletch.

O Pátio Bellavista é uma espécie de ‘galeria’ a céu aberto, cheio de restaurantes e lojinhas, além de sempre ter alguma atividade cultural rolando: apresentações com música ao vivo, dança, exposições de artistas com esculturas, fotografia, teatro, etc.

Confira os horários de funcionamento e a programação da semana no site oficial.


6 – Cerro San Cristóbal

O Cerro San Cristóbal, que é um dos pontos mais altos da cidade, fica dentro do Parque Metropolitano de Santiago – o quarto maior parque urbano do mundo! – e a estação de metrô mais próxima é a Baquedano.

Além do Cerro San Cristóbal, o Parque Metropolitano oferece várias outras atrações, como o Jardim Japonês, vários mirantes, o Jardim Botânico, o Santuário da Imaculada Conceição, trilhas e piscinas com vista para a cidade.

Nossa sugestão é que você aproveite os restaurantes e barzinhos do bairro Bellavista e deixe para conhecer o Cerro San Cristóbal depois do almoço.

O motivo? Dependendo da época, a neblina e a poluição podem atrapalhar a linda vista que o cerro oferece da cidade e das cordilheiras.

O que fazer em Santiago, Chile - Cerro San Cristóbal
A poluição atrapalhou um pouquinho a vista, mas não impediu que tirássemos mil fotos da Cordilheira

Para chegar ao topo do Cerro San Cristóbal existem algumas opções:

  • o funicular (uma espécie de bondinho), que sai da Estação Pio Nono, na base do Cerro, e leva em torno de 10 minutos para chegar ao topo, na Estação Cumbre (existe a opção de parar na estação intermediária para conhecer o zoológico – mas não recomendamos este tipo de atração).
    Confira os preços e o horário de funcionamento no site oficial.
  • o teleférico foi reinaugurado em 2016 e também é uma opção interessante para chegar o topo do Cerro San Cristóbal. Caso queira subir de teleférico, existem duas estações: a Tupahue e a Oasis.
    Também dá pra combinar os passeios: subir de funicular e descer de teleférico, ou vice-versa.
  • a estação de metrô mais próxima das estações do teleférico é a Pedro de Valdívia.
  • se você optou por alugar um carro em Santiago, também dá pra ir dirigindo até a parte mais alta do Cerro Cristóbal.
  • gosta de atividade física? Outras opções são subir o Cerro a pé ou pedalando.

Lá no alto do Cerro San Cristóbal há algumas barraquinhas vendendo cachorro quente, água, refrigerantes e o curioso mote com huesillos, uma bebida típica chilena que é basicamente composta de suco de pêssego e grãos de trigo cozido. Vale a pena experimentar!

Confira o horário de funcionamento das principais atrações do Parque e as tarifas do funicular e do teleférico aqui.


O que fazer em Santiago, Chile - Costanera Center

7 – Costanera Center

Com a atual desvalorização do Real, o Chile já não é mais um destino ideal de compras pra nós, brasileiros.

Mas se você não abre mão de bater perna em shoppings durante suas férias, o Costanera é uma ótima opção!

Além de lojas nacionais e de grifes renomadas e uma praça de alimentação gigante, o Shopping Costanera é o maior shopping de Santiago.

Também faz parte do complexo Costanera Center o Sky Costanera, um mirante (o mais alto da América do Sul!) com vista 360° da cidade.

Outra super atração de Santiago que fica no Costanera Center é o Hard Rock Cafe, o único Hard Rock do Chile.


O que fazer em Santiago, Chile - Parque Araucano

8 – Parque Araucano / Shopping Parque Arauco

Outro grande shopping de Santiago, o Parque Arauco fica na região de Las Condes, e além de possuir um setor inteirinho com marcas de luxo (Carolina Herrera, Gucci, Dolce & Gabbana, Jimmy Choo, Louis Vuitton, Versace, e por aí vai…) tem um espaço aberto e super agradável com restaurantes e música ao vivo.

Já o Parque Araucano é um Parque todo arborizado e que fica – literalmente – do outro lado da rua.

Uma delícia para passear durante o dia!

9 – Vinícolas

O Chile é um verdadeiro paraíso para os apreciadores de um bom vinho, mas também é uma excelente oportunidade para se tornar um! haha

Existem MUITAS vinícolas na região de Santiago e centenas delas podem ser visitadas, então não espere conhecer todas em uma única viagem 😅

Nós visitamos uma das mais populares e que é bastante conhecida aqui no Brasil, já que é possível encontrar diversos rótulos da marca na maioria dos supermercados: a Concha Y Toro.

É super fácil visitar a vinícola tanto através de tours organizados por agências em Santiago quanto usando o transporte público. Nós escolhemos a segunda opção e contamos todos os detalhes sobre como conhecer a Concha Y Toro por conta própria neste post.

Outras opções para se aventurar no enoturismo na cidade (e proximidades) são:

Se você já esteve em Santiago e conheceu alguma vinícola, conta pra gente sua experiência lá nos comentários, combinado?

O que fazer em Santiago, Chile: Vinícola Concha Y Toro.
Vinícola Concha Y Toro

10 – Embalse El Yeso

Embalse El Yeso é uma ótima opção de passeio de dia inteiro saindo de Santiago.

A represa fica na região montanhosa de Cajón del Maipo, a aproximadamente 70 km de Santiago, e pode ser conhecida por conta própria ou com agência.

Nós estivemos por lá durante o inverno e contamos todos os detalhes no post Embalse el Yeso e Cajón del Maipo – Como chegar lá de carro.

ATENÇÃO: a visitação em Embalse El Yeso encontra-se temporariamente suspensa, por conta de um deslizamento de pedras que provocou um acidente na região.

O que fazer em Santiago, Chile - Embalse el Yeso
Embalse el Yeso

11 – Estações de Ski

Outro grande atrativo chileno: a prática de esportes de neve!

Nos arredores de Santiago, as principais estações de esqui são Valle Nevado, Farellones, La Parva, El Colorado, e um pouco mais afastada (cerca de 164 km) fica a estação de esqui Portillo.

É possível fazer um bate e volta a partir de Santiago para todas essas estações, ou para quem quiser curtir o clima da montanha também pode se hospedar em alguma delas.

Além de poder praticar snowboard e esqui, algumas das estações oferecem outras atividades para quem quer apenas brincar na neve, como tubing, canopy, trenós de bandeja e elétricos, andar em bicicletas de neve, passear no teleférico… são muitas possibilidades e para todas as idades!

Nós optamos por conhecer a estação de Chillán, que fica um pouco mais ao sul de Santiago (400 km) e contamos nossa experiência no post: Praticando snowboard em Chillán.

Leia mais detalhes sobre as estações de ski de Santiago:

12 – Valparaíso e Viña del Mar

Normalmente as cidades de Viña del Mar e Valparaíso são visitadas em um tour de um dia inteiro, saindo de Santiago.

Mas isso não impede que, caso você tenha tempo disponível no roteiro, separe alguns dias para se hospedar por lá e conhece-las com mais calma.

Nós optamos pela primeira opção e, sim, é um tour meio corrido, mas dá pra conhecer o básico das duas cidades.

Em Valparaíso conhecemos a La Sebastiana (uma das casas do poeta Pablo Neruda, falo melhor delas no próximo tópico!), passamos pela plaza Sotomayor, paramos em um mirante com vista para o Pacífico e uma feirinha de artesanatos.

De lá seguimos para Viña del Mar, onde conhecemos o famoso Relógio de Flores, almoçamos, tivemos um tempinho livre na orla, onde haviam vários leões marinhos, e por últimos fomos até o Museu Fonck.

No Museu vimos um moai original, que inclusive é um dos poucos fora da Ilha de Páscoa. Outros dois encontram-se em Londres, no Museu Britânico, e em Paris, no Museu do Quai Branly.

Nosso tour terminou por aí, mas algumas agências ainda incluem uma paradinha no Castelo Wulff, em Viña del Mar.

Confira todos os detalhes do nosso passeio por Viña del Mar e Valparaíso aqui.


O que fazer em Santiago, Chile - casas de Pablo Neruda

13 – Casas de Pablo Neruda

Pablo Neruda é considerado um dos maiores nomes da literatura latino-americana.

Foi ganhador do prêmio Nobel de Literatura em 1971, atuou na política do país e faleceu em 1973, aos 69 anos.

Três casas do poeta foram transformadas em museus e podem ser visitadas: La Chascona, em Santiago, La Sebastiana, em Valparaíso, e Isla Negra, na cidade de El Quisco.

La Chascona fica no bairro Bellavista, pertinho do Cerro San Cristóbal, e é a mais visitada delas.

La Sebastiana normalmente está incluída nos pontos visitados pelas agências que fazem o tour bate-e-volta até Viña e Valparaíso.

Já a casa de Isla Negra fica a aproximadamente 1h40 de Santiago, na cidade de El Quisco. Dá pra ir por conta própria ou com agências de turismo.

Para informações sobre a vida de Neruda e funcionamento dos museus, acesse o site oficial da Fundação.

14 – Parque Bicentenário

O Parque Bicentenário fica na charmosa região de Vitacura e é uma das principais áreas verdes de Santiago.

O parque é imenso (aproximadamente 30 hectares!) e é uma ótima oportunidade para pedalar, fazer um piquenique ou simplesmente caminhar e admirar a Cordilheira.

Dentre as principais atrações estão duas lagoas artificiais onde vivem peixes, cisnes, flamingos e outras aves, além de esculturas, parquinhos infantis e o famoso restaurante Mestizo.

15 – Museus

Conhecer museus ao redor do mundo está no topo da lista de muita gente, e é claro que em Santiago não faltam excelentes opções!

Dentre as opções com entrada gratuita estão:

Já alguns dos principais museus que cobram o acesso (e que valem a visita!) são:

O que fazer em Santiago - Museu Nacional de Bellas Artes
Museu Nacional de Bellas Artes

16 – Templo Bahá’í

O Templo Bahá’í é uma atração relativamente nova em Santiago e é o primeiro (e até o momento o único) templo da Fé Bahá’í na América Latina.

A religião independente Bahá’í é bastante recente e prega a união da humanidade, sem distinção de crenças e religiões.

O Templo, que fica na região de Peñalolen, em Santiago, e possui uma vista incrível para as Cordilheiras e para a cidade. A entrada é gratuita.

Confira mais detalhes sobre o Templo Bahá’í neste post do blog Ideias na Mala.


Gostou da nossa lista do que fazer em Santiago?

É claro que estas são apenas algumas muitas atrações que podem ser conhecidas em Santiago.

Se você visitou algum ponto turístico ou restaurante que não está no post e gostou muito, pode deixar sua contribuição nos comentários e complementar a nossa lista!

Chile além de Santiago

O Chile é um país de extremos: você pode conhecer paisagens desérticas, neve e glaciares em uma mesma viagem!

Conheça mais sobre o país navegando pelos posts:

Deserto do Atacama | Pucón | Roteiro na Patagônia


Tudo para a sua viagem

Hospedagem
Reserve o melhor hotel para a sua viagem com o menor preço. Com o Booking você compara diversas opções e escolhe o hotel com melhor custo x benefício. Reserve agora mesmo, com opções de parcelamento e cancelamento grátis.
 Seguro Viagem
Não dá para viajar despreocupado sem seguro viagem! Compare os preços de seguros com os dois melhores sites no assunto: Real Seguros e Seguros Promo. Sempre reservamos nosso seguro através destes sites. Com a Real Seguros, você poderá parcelar o valor em até 12x sem juros. Com a Seguros Promo o valor pode ser dividido em até 6x no cartão de crédito e pagando no boleto, você consegue 5% de desconto. Utilizando o nosso cupom NAJANELA5 você ganha mais 5%. No final fica baratinho e viajamos tranquilos, sem medo de imprevistos!
Alugue um carro Alugue um carro
Nada melhor do que a liberdade que um carro alugado pode dar para uma viagem! Antes de alugar um carro compare os preços das melhores locadoras do Brasil e do mundo no site da RentCars e garanta o melhor preço. A cobrança poderá ser feita em reaissem IOF, e o valor dividido em até 12 parcelas no cartão de crédito.
Passagens aéreas baratas
Procurando passagens aéreas? Dê uma olhada no Passagens Promo, que tem sempre ofertas imperdíveis! Através do Passagens Promo, você obtém uma relação atualizada instantaneamente por ordem de preços dos vôos. São milhares de trechos exclusivos, com tarifas diferenciadas e até 65% de desconto.

Reservando com nossos parceiros, você garante o melhor serviço, consegue o menor preço e ainda ajuda na manutenção do Viajando na Janela (e sem pagar nem um centavo a mais por isso!).

Créditos ícones: Flaticon

Author

Mineira, 31 anos, formada em Sistemas de Informação com Pós em Administração e Marketing. É apaixonada por viagens, principalmente aquelas que possibilitam visitar novos lugares e conhecer novas culturas. Passa horas na internet lendo relatos de outros viajantes e adora contar suas experiências nas redes sociais e no blog.

10 Comments

  1. Santiago tem muitas coisas lindas para você conhecer sua lista está bem parecida com as atrações que eu conheci lá, excelente dica para quem está indo para lá

  2. Eu adorei Santiago quando estive por lá. A troca da guarda achei um show a parte, curti bastante. Preciso voltar pra lá o mais rápido possivel e reviver tudo isso.

  3. Adorei as fotos de vocês e também já anotei a dica de sentar em uma poltrona do lado esquerdo do avião durante o voo pro Chile! Quem sabe não rola de conhecer Santiago logo logo, né?! 😉

  4. Santiago é uma cidade incrível!!! Vale muito a pena ficar alguns dias, principalmente se você estiver indo para algum outro destino do Chile…

  5. Que legal. Já estive em Santiago mas foi bem rápido pois fui direto para Valle Nevado. Já anotei as dicas e irei com mais calma conhecer tudo numa próxima vez.

  6. Eu achei Santiago uma cidade muito simpática. Pena que só estive lá de passagem, indo para o Atacama. Gostaria de ter conhecido todos esses pontos turísticos que você indicou! 🙂

  7. Olá!!!

    A vista da cordilheira é realmente um dos maiores atrativos de Santiago! 🙂

    Eu nunca peguei fila para subir o funicular: pelo visto dei sorte. Eu sempre subo por ele e desço de teleférico: visual maravilhoso. Ele termina no bairro da Providencia.

    As fotos estão lindas!
    Ana

Write A Comment