Falando assim pode até parecer exagero, mas diversos veículos de comunicação renomados – entre eles o The Guardian e o The Wall Street Journal – já citaram o passeio de trem pela Serra do Mar paranaense, entre Curitiba e Morretes, como um dos mais interessantes do mundo!

Eu amo passeios de trem! Esse foi o quarto da minha lista – já fiz também o trajeto entre Tiradentes e São João del Rei, aqui em Minas Gerais, entre Santiago e Chillán, no Chile, e entre Ollantaytambo e Águas Calientes, no Peru. Viajar assim é como voltar no tempo, né? ❤

Se você tem planos de conhecer Curitiba, por que não aproveitar a chance e separar um dia no roteiro pra fazer esse passeio charmosíssimo?

Quer saber de todos os detalhes e dicas do passeio de trem entre Curitiba e Morretes? Vem comigo!

Sobre o passeio de trem entre Curitiba e Morretes

Construída há mais de 130 anos, em meio às montanhas da Serra do Mar paranaense, está a famosa linha férrea que liga Morretes a Curitiba.

O passeio parte da Rodoferroviária de Curitiba às 8h30 da manhã e o percurso de trem leva em média 3h.

O caminho inverso, de Morretes à Curitiba, dura um pouco mais (4h15), já que é um percurso em sua maior parte de subidas, e a saída da Estação de Morretes acontece às 15h.

Ir e voltar de trem pode ser um pouco cansativo, afinal, seriam mais de 7 horas no trem!

A melhor dica é fazer um dos trechos de ônibus ou van. Assim, você economiza tempo (e dinheiro!) e pode passear por Morretes com mais tranquilidade.


Pacotes e roteiros

É possível comprar pacotes que já incluem a ida ou a volta de van (ou ônibus) e o ingresso do trem

Para os passeios feitos durante fins de semana e feriados é altamente recomendado comprar com antecedência, para não correr o risco ficar sem vaga.

Também dá pra comprar o bilhete de ônibus para a ida ou a volta por conta própria. A passagem custa em torno de R$30,00 e a empresa que faz esse trecho é a Viação Graciosa. Consulte horários e valores aqui.

Mas atenção! Se sua ideia é ir para Morretes de ônibus/van e voltar pra Curitiba de trem, programe-se para estar na estação de Morretes por volta das 14h, já que o trem parte às 15h em ponto!


Confira os pacotes e roteiros disponíveis:

Clique nos links abaixo para conferir os preços e maiores detalhes de cada roteiro:

Trem do pôr do sol – inclui o traslado entre Curitiba e Morretes (feito em ônibus, micro-ônibus ou van) e o ingresso de trem de Morretes a Curitiba (classe turística).

Trem Morretes e Antonina – Antonina é uma cidadezinha histórica charmosa, assim como Morretes. Nesse pacote está incluso o traslado do hotel até a estação de Curitiba, o trem de Curitiba a Morretes, almoço típico com barreado, camarão e peixe, city tour por Antonina e Morretes e retorno à Curitiba pela Estrada da Graciosa, com acompanhamento de guia.

Trem Morretes e Paranaguá – semelhante ao passeio anterior, mas ao invés de conhecer Antonina, o turista é levado a conhecer Paranaguá, a cidade mais antiga do Paraná.

Trem e Ilha do Mel – se você prefere praia ao invés de cidades históricas, essa é a sua opção! O passeio inclui todas as comodidades dos anteriores, mas o destino final é a famosa Ilha do Mel. Depois da visita ao Farol da Ilha os turistas tem um tempinho livre para banho – não se esqueça de ir preparado (a) e leve sunga, biquíni ou maiô!

Quer mais liberdade no roteiro e comprar apenas as passagens de trem? Também dá! Compre aqui o bilhete de ida ou o bilhete de volta.

Você também pode consultar mais opções diretamente no site da Serra Verde Express aqui.


Opções de vagões

A Serra Verde Express oferece várias opções de vagões com decorações e serviços diferenciados:

Classe Turística

É a Economy Class dos trens da Serra Verde. O passeio é feito em vagões simples, com assento duplo e poltronas estofadas. Inclui serviço de bordo, guia e lanchinho.

Litorina de Luxo

A Litorina é o primeiro trem de luxo do Brasil. São três opções de carros (Foz do Iguaçu e Copacabana, com estilo neoclássico, e Curitiba, com decoração mais moderna), todos com ar condicionado, café da manhã, serviço de bordo diferenciado, welcome drink, bebidas liberadas (água, cerveja, chá, café e refri) e guia bilíngue.

Camarote

O vagão Camarote oferece cabines privativas para até quatro pessoas, decoradas em estilo neoclássico e inclui lanche diferenciado, serviço de bordo, bebidas liberadas e guia bilíngue.

Imperial

Os vagões da classe Imperial possuem decoração inspirada nos anos 30 e oferecem mesas para até 4 pessoas, com as mesmas comodidades do Camarote.

Barão do Serro Azul

O vagão Barão do Serro Azul possui varanda panorâmica, janelas amplas, mesas para até quatro pessoas e serviço de primeira classe: guia bilíngue, bebidas liberadas (água, refrigerante e cerveja), lanche e serviço de bordo.


Estrada da Graciosa

Quem optar por fechar o pacote com ingresso de trem e ida ou volta de van, provavelmente vai passar pela Estrada da Graciosa, a menos que as condições climáticas no dia não colaborem.

Nós fizemos assim: fomos de van até Morretes e voltamos de trem.

A Estrada da Graciosa (Rod. PR 410) é linda e, assim como a ferrovia que liga Curitiba ao litoral paranaense, passa por um trecho muito preservado da Mata Atlântica, além de cachoeiras, picos e montanhas.

Saímos de Curitiba pela manhã, com o tempo bastante nublado. No trecho até Morretes ainda pegamos chuva, o que acabou não permitindo que a gente pudesse contemplar a vista do mirante durante nossa primeira parada. 😕

Nesse mirante ainda havia uma lanchonete que vendia pastéis fritos na hora. Fiquei morrendo de vontade, mas as muuuitas curvas da estrada acabaram me deixando um pouco enjoada e achei melhor não arriscar 😅🤢

Durante a primavera, centenas de pés de hortênsias dão o ar da graça ao longo da estrada e deixam a paisagem ainda mais bonita!


Paraná Encantado – Parque Temático Hisgeopar

Já quase chegando em Morretes fizemos nossa segunda parada: fomos conhecer o Parque Temático Hisgeopar.

O Parque conta toda a história do estado do Paraná através de uma maquete animada de 110 metros quadrados, que impressiona pela riqueza de detalhes!

Várias atrações turísticas do estado estão representadas ali, como as Cataratas do Iguaçu, a ferrovia da Serra do Mar e a submersão das Sete Quedas pela construção da Usina de Itaipu. (A Sete Quedas foi um dia a maior cachoeira do mundo em volume de água!)

Também estão retratados a colonização do Paraná, diversos ciclos econômicos como a mineração, a produção de café e a pecuária.

Endereço: Rod. Mário Marcondes Lobo, 70 – Morretes/PR
Horário de Funcionamento: de segunda a domingo, das 9h às 18h
Ingresso: R$25,00*
*em março/2019

Morretes

Aaaahh, Morretes…. Que cidadezinha encantadora!

Apesar de não termos tido tanto tempo livre por lá, foi o suficiente pra me conquistar e com certeza quero voltar um dia com mais calma, e quem sabe até me hospedar por lá.

Morretes me lembrou bastante de Tiradentes (MG). Casinhas coloniais coloridas, muito artesanato, cachaça artesanal e feirinhas são algumas das principais atrações.

trem curitiba morretes dicas
Morretes

Aliás, tem mais uma atração super famosa por lá: o barreado!

Típico do estado do Paraná, o barreado é um prato à base de carne e condimentos, onde o cozimento é feito de forma lenta e pode demorar até 8 horas!

Nosso primeiro contato com o barreado foi exatamente nessa viagem, em um restaurante especialista no prato: o Madalozo.

Antes de sermos servidos, tivemos uma aula super bem-humorada sobre a história e a forma de preparo da receita.

Depois, nos surpreendemos com a fartura e o enorme cardápio do rodízio de barreado e frutos do mar: na entrada, salada, maionese, torradas, molhos, vinagrete e banana recheada com barreado.

No primeiro prato, o tradicional barreado, acompanhado de banana maçã, arroz e farinha de mandioca.

Pra finalizar, foram servidos alguns tipos de peixes e camarão.

Nem preciso dizer que saímos de lá rolando, né? Adoramos todos os pratos e o rodízio com certeza vale muito a pena!


O Madalozo fica às margens do rio Nhundiaquara, no centro da cidade, e oferece estacionamento gratuito, acessibilidade para portadores de necessidades especiais, capacidade para 600 pessoas, parquinho e fraldário.

Para quem estiver viajando por Morretes com seu pet, o Madalozo ainda disponibiliza um canil com boxes individuais para animais de pequeno porte ❤).

O rodízio de frutos do mar custa R$ 67,90 por pessoa*
*preço em abril/19

Endereço: R. Almirante Frederico de Oliveira, 16, Centro – Morretes/PR


trem curitiba morretes dicas

Depois do almoço fomos passear pela cidade e pelas lojinhas de artesanato.

Também visitamos a cachaçaria Porto Morretes, que possui diversos sabores, inclusive um rótulo que levou o a medalha de ouro em um concurso internacional de cachaças.

Para quem tiver mais tempo na cidade, também dá pra praticar esportes no rio Nhundiaquara, como boia cross e caiaque.

Centrinho de Morretes - trem curitiba morretes dicas
Centrinho de Morretes
centrinho de Morretes - trem curitiba morretes dicas
centrinho de Morretes

O Trem do Pôr do Sol

Depois de caminhar pelas ruazinhas de paralelepípedo de Morretes, chegou o momento mais esperado do dia: o passeio de trem!

O trem parte da estação de Morretes com destino à Curitiba às 15h. É recomendado chegar à estação com uma hora de antecedência.

Durante a subida pela Serra do Mar, o trem fez algumas paradinhas rápidas devido à prioridade de passagem que os trens de carga possuem.

Uma das coisas que mais impressiona durante o passeio é a beleza das paisagens, já que a ferrovia se encontra no maior trecho contínuo de Mata Atlântica do país!

trem curitiba morretes dicas
os trens de carga tem prioridade de passagem, por isso o trem turístico faz algumas paradas durante o percurso entre Curitiba e Morretes

Ao longo do percurso, o trem passa por 13 túneis, cachoeiras e dezenas de pontilhões e pontes. A Ponte São João a maior de todas, com 113 metros de comprimento e quase 70 metros de altura!

Durante todo o passeio o guia vai contando histórias e curiosidades desde a época da construção da ferrovia. Também é oferecido um lanchinho a todos os passageiros – na classe turística, que foi a que viajamos, o lanche era composto de alguns biscoitos (ou bolachas, se preferir! rsrs) e uma água ou refrigerante.

Mais tarde eles passam vendendo mais lanches e bebidas, além de lembrancinhas do passeio.

trem curitiba morretes dicas

Apesar das nuvens que insistiram em nos acompanhar durante quase todo o dia, no final do passeio o sol resolveu aparecer e fomos presenteados com um fim de tarde maravilhoso!

Se o passeio de trem no por do sol vale a pena? Bom, acho que a foto abaixo responde bem essa pergunta, né? 🧡

trem curitiba morretes dicas
o tão aguardado pôr do sol <3

Onde se hospedar em Curitiba

Hostels

Não abre mão do bom e velho hostel e toda a interação que este tipo de hospedagem oferece? Em Curitiba nossas sugestões são o Knock Knock Hostel, o Curitiba Backpackers, o Hostel Matilda e Motter Home.

Hotéis

Curitiba tem muitas opções de hotéis, para todos os gostos e bolsos. Entre os mais simples e baratinhos estão o CLH Suítes, o Hotel Blumenau e o Miller Flat Hotel.

Entre as opções intermediárias, nossas sugestões são o Terrazas, o Lavenue e o Lancaster.

Se você procura mais conforto durante sua hospedagem, confira o Radisson, o Ibis Styles Centro Cívico, o Quality e o Moov.


Algumas dicas e informações importantes

Serra Verde Express: site | tripadvisor | facebook

O trem parte da Rodoferroviária de Curitiba, no bloco 3 (Avenida Presidente Affonso Camargo, 330, Jardim Botânico) às 8h30, mas, como comentei acima, é importante chegar com 1 hora de antecedência.

Para quem vai fazer o trajeto de volta, saindo de Morretes, o trem parte da Estação Ferroviária de Morretes, na R. Padre Saviniano, 768, Praça Rocha Pombo, às 15h.

trem curitiba morretes dicas

O clima pode influenciar na sua viagem! O caminho de van/ônibus que é normalmente feito pela Estrada da Graciosa é alterado para a Rod. BR 277 em condições climáticas adversas.

A vista no passeio “Trem do por do sol” também pode ficar comprometida caso chova ou hajam muitas nuvens no dia do passeio. (meio óbvio, né? 😝)

E por falar em vista, anote esta dica: para conseguir ver melhor todos os pontos de interesse do passeio, tente se sentar do lado esquerdo indo de Curitiba a Morretes ou do lado direito no percurso Morretes-Curitiba.

Leve com você água e um lanchinho.

Mesmo que faça frio em Curitiba, vá com roupas mais frescas por baixo. Morretes é quente DEMAIS, e mesmo com o tempo nublado passamos um calorão surreal lá 😅


A viagem de trem e o almoço foram cortesia da Serra Verde Express e do Restaurante Madalozo, durante nossa participação do 2° Encontro da RBBV em Curitiba, mas mantemos o nosso compromisso com os leitores do Blog e garantimos total transparência e honestidade em nossas opiniões relacionadas aos serviços oferecidos pelos parceiros. Prezamos pela qualidade do conteúdo aqui publicado, divulgando apenas produtos/serviços que utilizamos e recomendamos.

Escrito por

Mineira, 31 anos, formada em Sistemas de Informação com Pós em Administração e Marketing. É apaixonada por viagens, principalmente aquelas que possibilitam visitar novos lugares e conhecer novas culturas. Passa horas na internet lendo relatos de outros viajantes e adora contar suas experiências nas redes sociais e no blog.

Escreva um comentário